Luz de laser pode detetar tumoresNotícias de Saúde

Sexta, 28 de Junho de 2019 | 8 Visualizações

Fonte de imagem: home.roadsale.co

Uma equipa de investigadores está a desenvolver um procedimento de diagnóstico do cancro através do emprego da luz de raios laser.  
 
O novo e revolucionário procedimento é da autoria de uma equipa de investigadores liderada por Jürgen Popp, do Instituto de Tecnologia Fotónica da Lípsia, Alemanha.
 
Atualmente, para saber se um tumor foi completamente removido, o paciente pode ter que esperar umas agoniantes quatro semanas. Para piorar, durante esse período, eventuais células cancerígenas podem replicar-se e o paciente, que já se encontra enfraquecido, tem que ser novamente submetido a uma intervenção cirúrgica. 
 
A equipa do investigador Jürgen Popp conseguiu tornar o tecido tumoral visível através da luz de laser. Isto permite que a equipa cirúrgica possa ter informação em tempo real e identificar os tumores e respetivas margens tumorais com precisão e decidir a quantidade de tecido a remover.
 
Tudo isto é possível através de um microscópio compacto desenvolvido pela equipa para o efeito. O dispositivo combina três técnicas de imagiologia e usa amostras de tecido a partir das quais gera imagens de alta resolução da estrutura do tecido durante a intervenção cirúrgica. 
 
O software desenvolvido torna padrões e detalhes moleculares visíveis, processando-os através de inteligência artificial. 
 
A análise automatizada produzida é mais rápida e promete resultados mais fidedignos do que as técnicas de diagnóstico com secções de tecido congelado, as quais só podem ser avaliadas por um patologista experiente, com confirmação posterior.
 
Este método ótico evita que o paciente já fragilizado tenha que ser submetido a uma nova intervenção cirúrgica, aumentando as suas possibilidades de recuperação. A técnica poderá estar já disponível para uso clinico no espaço de cinco anos.

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo publicado na revista “Head & Neck”

Notícias Relacionadas