Intervenções cirúrgicas deixam 30% dos doentes com dor crónicaNotícias de Saúde

Terça, 10 de Janeiro de 2017 | 69 Visualizações

Fonte de imagem: Huffington

Um outro número a ter em conta: Mais de 80% dos pacientes submetidos a cirurgia relatam dor no pós-operatório.

Naquele que é o ano contra a dor pós-cirúrgica, a Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED) informa que mais de 80% dos pacientes submetidos a cirurgia relatam dor no pós-operatório, manifestada como um conjunto de experiências sensoriais, emocionais e mentais.

Apesar do tratamento que mesmo assim é feito após a operação e que, em parte, colmata parte dessa mesma dor, “estima-se que cerca de 30% dos doentes submetidos a cirurgia apresentem dor crónica desta origem”.

Para isso, a APED tem agendadas iniciativas que pretendem procurar formas de tentar melhorar o combate à dor crónica, além de “chamar a atenção para o impacto da dor no indivíduo e na sociedade, desmistificando caminhos e mostrando alternativas e soluções para o seu tratamento”.

O primeiro encontro para debate sobre o tema será 12 de janeiro, pelas 9 horas, no Auditório do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca (HFF), na Amadora, onde será também apresentado o plano de iniciativas e de atividades a desenvolver.

Partilhar esta notícia
Referência
João Oliveira

Notícias Relacionadas