Incyte: Medicamento para a leucemia chega a PortugalNotícias de Saúde

Terça, 14 de Março de 2017 | 158 Visualizações

Fonte de imagem: Investor's Business Daily

O medicamento para a leucemia mieloide crónica da Incyte Biosciences Iberia chegou ao mercado português.

O Iclusig é um inibidor de quinase que tem como alvo principal BCR-ABL, uma tirosina quinase anormal que se expressa na leucemia mieloide crónica (LMC) e na leucemia linfoblástica aguda positiva para cromossoma Filadélfia (LLA Ph+). O Iclusig ataca não só a BCR-ABL nativa, mas também as suas isoformas que transportam as mutações que conferem resistência ao tratamento, incluindo a mutação T315I, que tem sido associada à resistência a outros inibidores da tirosina quinase aprovados. 

O Iclusig está aprovado na Europa para o tratamento de pacientes adultos com leucemia mieloide crónica (LMC) em fase crónica, em fase acelerada ou em fase blástica que são resistentes ao dasatinib ou nilotinib, que são intolerantes ao dasatinib ou nilotinib e para quem o tratamento subsequente com imatinib não é clinicamente apropriado ou que têm a mutação T315I, ou para o tratamento de pacientes adultos com leucemia linfoblástica aguda positiva para cromossoma Filadélfia (LLA Ph+) que são resistentes ao dasatinib, que são intolerantes ao dasatinib e para quem o tratamento subsequente com imatinib não é clinicamente apropriado ou que têm a mutação T315I.

«Temos o prazer de anunciar o lançamento comercial do Iclusig em Portugal, trazendo um novo tratamento para pacientes com LMC ou LLA Ph+ difícil de tratar», afirma Juan Diaz Redondo, diretor-geral da Incyte Bioscience Iberia. «Juntamente com colegas de todo o mundo, a Incyte Biosciences Iberia esforça-se por oferecer medicamentos inovadores aos pacientes com cancro e outras doenças graves», lê-se num comunicado enviado pela companhia. 

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados