Idade da primeira menstruação associada a tensão arterial na meia-idadeNotícias de Saúde

Quarta, 13 de Março de 2019 | 45 Visualizações

Fonte de imagem: AARP

Ter a primeira menstruação (menarca) precocemente foi associada a hipertensão arterial numa idade avançada, foi a conclusão de um estudo recente.

O estudo que foi conduzido por investigadores da Universidade da Geórgia, EUA, tinha como objetivo apurar a influência da idade da menarca e da menopausa sobre a incidência de doenças crónicas numa idade posterior.

Para o estudo, os investigadores analisaram dados sobre 7.893 mulheres chinesas que tinham integrado uma outra investigação sobre saúde e aposentação na China. Os dados continham informação sobre fatores biológicos, demográficos e de estilo de vida que poderiam influenciar o desenvolvimento de hipertensão.

A análise dos investigadores sugeriu que a menarca numa idade precoce fazia aumentar significativamente o risco de hipertensão numa fase tardia da idade adulta, mesmo após considerados vários fatores e medições metabólicas.

Segundo Luqi Shen, autora do estudo, esta associação poderá ser explicada pelo ritmo de desenvolvimento dos sistemas do organismo. Quando um sistema se desenvolve de forma precoce ou tardia, poderá causar um impacto sobre outros sistemas.

“As mulheres com menarca precoce poderão ter um sistema cardiovascular desenvolvido de forma menos otimizada e assim possuir um maior risco de resultados adversos, como hipertensão na idade adulta tardia”, explicou Luqi Shen.

A investigadora disse ainda que não se detetou uma associação entre a idade da menopausa e hipertensão na população estudada. 

Luqi Shen esclareceu que esta associação se explica totalmente com o índice de massa corporal, o que sugere que a gestão do peso na fase da menopausa é essencial para a gestão da tensão arterial nesta etapa da vida, algo que se poderá aplicar não só às mulheres chinesas, mas também a mulheres de outros países.

 

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo publicado na revista “Hypertension Research”