Hormonas intestinais podem ajudar a travar vícios e obesidadeNotícias de Saúde

Segunda, 18 de Janeiro de 2016 | 21 Visualizações

Fonte de imagem: ejerciciosencasa

A descoberta britânica pode ser a chave para travar o consumo alimentar excessivo e o abuso de álcool ou tabaco.

Uma equipa de investigadores do Imperial College de Londres, no Reino Unido, descobriu que uma injeção de hormonas intestinais pode ser o tratamento que faltava para combater o vício do tabaco e do álcool e para travar o consumo excessivo de alimentos (e consequente obesidade).

Conta o Daily Mail que a instituição britânica está agora a desenvolver um estudo em que coloca as hormonas GLP-1 e Grelina no centro das atenções, uma vez que acreditam que estas duas proteínas existentes nos intestinos podem ser determinantes na luta contra o stress, ansiedade e adição. Ambas as hormonas são conhecidas por interferir com a sensação de fome e por exercerem um determinado impacto nas áreas cerebrais responsáveis pela criação de vícios.

Com a ajuda de 90 participantes, os investigadores estão, atualmente, a determinar se uma injeção hormonal a cada seis horas conseguirá travar os impulsos aditivos e que levam a consumos viciados, seja de comida, álcool ou drogas.

Para o mentor do estudo, Tony Goldstone, o possível sucesso desta experiência poderá resultar na criação de um tratamento idêntico ao usado para tratar a Diabetes. O fármaco poderá ficar disponível no espaço de cinco anos.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados