HOGIE, o berço made in Portugal que todos os pais queremNotícias de Saúde

Quarta, 23 de Setembro de 2015 | 116 Visualizações

Fonte de imagem: HOGIE

É adaptável e pensado para infantários. Mas é também o sonho de todos os pais. Conheça o HOGIE.

Patrícia Cruz, estudante de design da Universidade de Aveiro (UA), teve uma ideia de ‘génio’: juntar o útil ao agradável e criar um berço adaptável para bebés dos zero aos três anos. Eis o HOGIE.

A invenção, conta o Dinheiro Vivo, surgiu no seguimento de uma tese de Mestrado em design e foi desenhada a pensar nas instituições pré-escolares “que pretendam adquirir um produto que proporcione bem-estar para a criança e para as educadoras” e que mantenha o bebé sempre em segurança.

À espera de uma “mão empresarial para embalar o berço”, Patrícia espera que o HOGIE chegue também à casa dos pais, proporcionando a possibilidade de terem apenas um berço nos primeiros quatro anos de vida do bebé, ao invés de o trocarem à medida que a criança cresce.

Através de um sistema de encaixe, o HOGIE é composto por três versões: o mini-berço (para bebés até aos quatro meses), o berço (para bebés até um ano) e o ‘catre’ (para os anos seguintes).

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas