Guia para comer chocolate de forma saudávelNotícias de Saúde

Sexta, 25 de Abril de 2014 | 105 Visualizações

Vários estudos mostram que os antioxidantes encontrados nos grãos de cacau ajudam a baixar a tensão arterial, a manter as artérias limpas e a reduzir o risco de diabetes. Mas, já se sabe, nem todo o chocolate faz bem...

Aposte no negro

O chocolate negro, menos processado, contém mais flavonóides, que combatem doenças, em relação aos chocolates mais claros, que são mais processados. Não há nenhuma percentagem exata mas, em geral, quanto maior a percentagem de cacau, maior o nível de antioxidantes e menor o número as calorias, porque há menos adição de açúcar e leite. Já o chocolate branco não contém qualquer tipo de flavonóides, portanto, será sempre a pior opção.

Fora com o açúcar

A maioria dos chocolates tem um elevado índice de açúcares, mas é possível escolher algo mais nutritivo. Ponha de lado os que têm açúcar no primeiro ou segundo lugar da lista de ingredientes. Os chocolates ideais têm o cacau como primeiro ingrediente, muitas vezes seguido de uma fruta ou frutos secos.

Procure outros nutrientes

Apesar de os flavonóides do chocolate serem sempre o foco, outros ingredientes também são ricos em ferro ou fibras (aveia ou trigo). De facto, mesmo sem a adição de frutas ou nozes, alguns contêm 5g ou mais de fibra por porção, cerca de um quinto das suas necessidades diárias.

Controlar as porções  

Não basta só escolher um chocolate saudável, como ainda tem de prestar atenção as porções comidas, para manter as calorias sob controle. Você só precisa de uma pequena quantidade para receber os benefícios dos antioxidantes, cerca de 30 gramas de chocolate negro por dia (cerca de 150 a 250 calorias). Sim, é o equivalente a apenas um quadrado por dia... 

Partilhar esta notícia
Autor
Visão
Referência

Notícias Relacionadas