Ginastique a memóriaNotícias de Saúde

Domingo, 20 de Abril de 2014 | 225 Visualizações

Stress, agitação, preocupações... Manter o cérebro a funcionar bem nem sempre é fácil, mas existem pequenos exercícios que nos podem ajudar a manter a agilidade mental.

Quem nunca se esqueceu das chaves ou voltou a casa para verificar se a luz está apagada ponha a mão no ar... Afinal, pequenas falhas não acontecem apenas a quem tem mais idade.

Com um dia-a-dia agitado, preenchido e com uma dose q.b. de stress à mistura, é normal, por vezes, sentir dificuldade em concentrar-se ou esquecer-se de dizer ou fazer algo. Existem dicas simples que pode colocar em prática no dia-a-dia para exercitar a memória e a concentração.

Aproveite e incentive os familiares mais velhos a contrariar a rotina e a exercitar o cérebro lançando pequenos desafios que podem fazer em conjunto.

Dicas para o dia-a-dia

Para estimular a concentração e a memória, Carla Gonçalves, psicóloga da Viva Vitae, deixa aqui seis conselhos para seniores e familiares colocarem em prática:

1 Escreva numa folha de papel tudo aquilo que vê através de cada uma das janelas de sua casa. Descreva-o com a maior quantidade de pormenores possível – desenhe se for mais fácil. Quando terminar, dirija-se às diferentes janelas e confirme o resultado.

2 Durante uma semana, escreva uma lista de 1500 nomes de pessoas que tenha conhecido. Destine uma folha para os familiares, outra para os colegas de escola, uma terceira para os colegas de trabalho, etc.

3 Observe com atenção as matrículas de três carros durante 30 segundos e escreva-os depois num papel.

4 Sente-se confortavelmente, com o corpo relaxado, e feche os olhos. Visualize, uma a uma, dez pessoas da sua família ou dez amigos. Quando tiver o rosto fixado na mente, tente recordar a voz com a maior clareza possível. Associe esta memória ao local em que tenha visto essa pessoa pela última vez.

5 Saia para a rua e dê uma volta ao quarteirão, procurando observar e reter na memória tudo aquilo que seja vermelho. Observe apenas os objetos. Pare nas montras, olhe para cima, para o chão, etc. De regresso a casa, escreva por ordem tudo aquilo que se 

6 Memorize os preços dos produtos que costuma comprar em dois ou mais sítios diferentes e faça as contas para verificar o quanto o produto é mais barato num local do que no outro.

Partilhar esta notícia
Autor
Impala
Referência
Carla Gonçalves, psicóloga da Viva Vitae

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados