Fumar destrói cromossoma Y que evita o aparecimento de cancroNotícias de Saúde

Segunda, 08 de Dezembro de 2014 | 76 Visualizações

Segundo um estudo recente, publicado na revista “Science”, fumar aumenta a destruição do cromossoma Y e a perda desse cromossoma em algumas células do sangue masculino está associada a um risco elevado de diversos tipos de cancro, avançou o “Diário de Notícias”.

Esta investigação, da autoria de cientistas de Upsala, Estocolmo, Oxford, Liverpool, Harvard e Nova Iorque, demonstra que o cromossoma Y, para além de ser responsável pelo desenvolvimento dos testículos no embrião e por controlar a produção de esperma, também evita o aparecimento de cancro. Com a destruição deste cromossoma, as células cancerígenas têm tendência a desenvolverem-se. 

Com base neste estudo, é possível entender por que motivo os casos de cancro do pulmão são mais elevados nos fumadores do que nas fumadoras, e por que razão o número de mortes por cancro é maior na população masculina.

Partilhar esta notícia
Autor
DN
Referência

Notícias Relacionadas