Fibra e cancro: O que a ciência descobriu desta vezNotícias de Saúde

Segunda, 08 de Fevereiro de 2016 | 62 Visualizações

Fonte de imagem: alimentossaudaveis

O consumo de fibras dietéticas durante a adolescência reduz o risco de cancro da mama em idade adulta.

Os benefícios das fibras dietéticas vão muito além da ajuda no processo digestivo, da sensação de saciedade e da perda de peso.

Segundo conjunto entre Universidade de Harvard e o Departamento Médico de Oncologia do Instituto do Cancro Dana-Farber – que será publicado em março na revista Pediatrics – o consumo de fibra dietéticas na adolescência é uma forma eficaz de reduzir os riscos de cancro da mama em idade adulta.

Para o estudo, foram analisadas 44 mil mulheres e constatou-se que aquelas que consumiam uma maior quantidade de fibra quando eram jovens – cerca de 28 gramas por dia – apresentavam um menor risco de contrair a doença do que aquelas que consumiam apenas até 15 gramas de fibra por dia.

Em causa, lê-se na publicação online do estudo, está o poder da fibra dietética em reduzir os níveis de estrogénio no sangue, o que normaliza o processo hormonal e, com isso, reduz o risco de cancro. 

Fique, aqui, a saber o que é a fibra alimentar e quais os alimentos mais indicados.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas