Exercício físico ajuda a prevenir a gripeNotícias de Saúde

Terça, 18 de Março de 2014 | 230 Visualizações

A prática de exercício físico vigoroso durante, pelo menos, duas horas e meia por semana reduz as probabilidades de se ser "apanhado" pelo vírus da gripe. A conclusão preliminar resulta de um estudo recente desenvolvido pela London School of Hygiene & Tropical Medicine, em Inglaterra.

O estudo, denominado "Flusurvey", passou por um inquérito online realizado pela universidade britânica no âmbito da Semana Nacional da Ciência e da Engenharia do Reino Unido, iniciativa cujo objetivo é sublinhar o papel crucial desempenhado pela ciência nas nossas vidas.

Embora os resultados obtidos até ao momento sejam ainda preliminares, mais de 4.800 pessoas já participaram no estudo (ainda a decorrer) e, segundo os investigadores, as informações compiladas sugerem que cerca de 100 em cada 1.000 casos de gripe podem ser evitados simplesmente através do exercício físico vigoroso e regular.

"Estamos muito interessados nos resultados que relacionam a atividade física e a gripe e outras doenças similares, já que o exercício é algo que todos podemos fazer para diminuir o risco", afirma Alma Adler, embaixadora da Semana Nacional da Ciência e da Engenharia britânica e investigadora da universidade que conduziu o estudo, em comunicado

"Precisamos de tratar estes resultados com cuidado, já que são ainda preliminares, mas são consistentes com resultados obtidos para outros problemas de saúde e comprovam os verdadeiros benefícios do exercício", acrescenta Adler. 

Segundo a especialista, embora o Inverno seja a estação do ano em que a gripe mais afeta a saúde da população, "o vírus pode manifestar-se a qualquer momento, por isso vale a pena aproveitar o bom tempo para sair e fazer exercício".

O "Flusurvey" anual do Reino Unido, que já vai no quinto ano consecutivo, é um sistema online que mede a incidência da gripe e reúne dados diretamente a partir do público através de um questionário semanal, proporcionando às autoridades de saúde informações detalhadas, nomeadamente acerca de pessoas que, mesmo com gripe, não visitam o médico ou os hospitais locais. 

Partilhar esta notícia
Autor
Semana Nacional da Ciência e da Engenharia britânica / Boas Notícias
Referência
London School of Hygiene & Tropical Medicine, em Inglaterra.

Notícias Relacionadas