Estará o açúcar a deixá-lo doente?Notícias de Saúde

Sábado, 24 de Outubro de 2015 | 103 Visualizações

Fonte de imagem: healthchild

São já cada vez mais os médicos que afirma que “o demónio não está na gordura, mas sim nos hidratos de carbono”. E o açúcar é o pior.  

O açúcar é ‘veneno’. É o oitavo pecado capital e o tipo de hidrato de carbono a que é preciso fugir quase a sete pés. O açúcar não só é responsável pelo aumento do peso, como também pelas mais variadas condições cardiovasculares, sendo agora visto como mais prejudicial à tensão arterial do que o próprio sal.

O açúcar está a tirar saúde e são cada vez mais os médicos que alertam para a necessidade de reduzir – ou até mesmo banir – o consumo de açúcar refinado, substituindo-o por outros naturais, como o açúcar de coco ou a stevia.

E uma vez que o açúcar está presente em grande parte dos alimentos ingeridos – principalmente nos processados – é muito fácil ficar refém deste vício e à mercê dos impactos que tem na saúde.

Segundo o Huffington Post, o açúcar está a deixar as pessoas doentes e várias as doenças diretamente relacionadas com o consumo deste alimento: doença cardiovascular, derrame, pressão arterial alta, subida do colesterol mau e dos triglicerídeos, Diabetes, obesidade, etc.

Contudo, há que ter consciência de uma situação: não é por adicionar açúcar refinado ao bolo que faz esporadicamente em casa que vai ficar mais vulnerável.

Há que saber controlar o consumo deste alimento e conhecer todos os produtos que o têm em excesso e que são, na realidade, os grandes culpados pelas doenças do estilo de vida.

Falamos aqui os chocolates, dos bolos processados, das barras de cereais, dos cereais de pequeno-almoço, do pão de forma, das bolachas, dos biscoitos, dos molhos para massas, dos temperos pré-confecionados, das sopas processadas, das compotas, dos cremes de barrar à base de chocolate. E podíamos ficar aqui horas a listar outros produtos.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados