Envelhecimento faz diminuir a perceção de quedaNotícias de Saúde

Sexta, 13 de Outubro de 2017 | 11 Visualizações

Fonte de imagem: Footfiles

O envelhecimento causa nas pessoas de idade mais avançada uma diminuição da perceção que vão sofrer uma queda, indica um novo estudo.
 
Conduzido por uma equipa de investigadores liderada por Michael Barnett-Cowan, da Universidade de Waterloo, Canadá, o estudo pode ajudar a desenvolver tecnologia “usável” de prevenção de quedas, assim como permitir que os médicos possam identificar com maior precisão as pessoas que se encontram em risco.
 
“Cair ameaça a sobrevivência de um indivíduo”, avançou Michael Barnett- Cowan. “Quando a capacidade do sistema nervoso para detetar uma queda e compensar com reflexos protetores diminui, o risco de ferimento ou morte aumenta de forma significativa”, explicou.
 
Para o estudo, em que a equipa mediu a perceção de quedas, os investigadores recrutaram voluntários saudáveis, sendo alguns jovens (com 19 a 25 anos de idade) e outros com idade mais avançada (com 61 a 72 anos de idade). 
 
Foi verificado que os jovens adultos necessitavam que a queda acontecesse cerca de 44 milissegundos antes de um som estabelecido para ser percecionado como ocorrendo simultaneamente. Para os participantes de idade mais avançada foram necessários cerca de 88 milissegundos antes do som. 
 
“Este intervalo significa que quando os adultos mais velhos se apercebem que estão a cair, é muitas vezes tarde demais para reagirem a isso de forma consciente”. 
 
“Considerando que as quedas são muitas vezes o catalisador da transição para cuidados de longa-duração, estes achados põem em relevo tanto a importância de avaliações adequadas para os adultos mais velhos, como a necessidade de se expedir tecnologia de prevenção”, concluiu o autor principal do estudo. 

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo publicado na “Gait and Posture”

Notícias Relacionadas