Encontrada a possível causa do eczema. Cura pode estar para breveNotícias de Saúde

Quinta, 11 de Maio de 2017 | 187 Visualizações

Fonte de imagem: Dermatolog

A perda de uma determinada proteína celular é o suficiente para fazer com umas pessoas sejam mais propensas a ter eczema do que outras.

A filagrina é uma proteína das células que se sintetiza durante o processo de formação de camada da pele. Até agora, esta proteína era do conhecimento científico mas pouco ou nada se sabia sobre o seu impacto na pele seca e degradada.

Passados anos de investigação, eis que uma equipa da Universidade de Newcastle descobre que a filagrina é, na verdade, a causadora do eczema atópico.

Na prática, diz o estudo publicado na revista Journal of Allergy and Clinical Immunology, os baixos níveis desta proteína são os responsáveis pelo facto de umas pessoas serem mais propensas a ter este problema cutâneo do que outras, conta o The Independent.

“Mostrámos pela primeira vez em muito tempo que a perda isolada da proteína filagrina é o suficiente para alterar a chave de proteínas envolvidas no aparecimento do eczema”, diz um dos mentores do estudo, o dermatologista Nick Reynolds, salientando que esta descoberta pode dar azo a novas terapias e, deste modo, que a cura para o eczema pode estar para breve.

Para o estudo, revela a publicação, os investigadores recorreram a pele humana criada em laboratório, tendo sido devidamente modificada para que fossem usadas técnicas moleculares que criassem a deficiência desta proteína.

Partilhar esta notícia
Referência
POR DANIELA COSTA TEIXEIRA

Info-Saúde Relacionados