Em apenas uma hora, um massagista fica a saber muito sobre siNotícias de Saúde

Segunda, 19 de Outubro de 2015 | 34 Visualizações

Fonte de imagem: chic.uol

Além de aliviar a tensão muscular e de o ajudar a recuperar de lesões, o seu massagista descobre muito mais coisas sobre si e sobre a sua saúde.

Naquela hora que passa deitado na marquesa a receber uma massagem, o seu corpo revela muito mais do que o stress muscular que pediu para aliviar.

O site Rodale's Organic Life falou com alguns massoterapeutas sobre o que é que eles conseguem perceber sobre nós e sobre a nossa saúde durante uma sessão de massagem.

1. Adora carteiras grandes. Se o seu corpo está mais tenso de um dos lados, o terapeuta  saberá que muda mais vezes de perna quando está de pé – o que acontece às mulheres que usam carteiras predominante num dos ombros.

2. Tem um trabalho ‘de secretária’. Os sinais que o revelam são o fundo das costas fraco e/ou ter uma anca maior do que a outra. As pessoas que passam o dia sentados em frente ao computador também tendem a ter os glúteos e a pernas mais tensos.

3. Dorme de barriga para baixo. Esta posição gera dor extra no pescoço e os massoterapeutas conseguem sentir a tensão.

4. Conduz muito. Sentar-se ao volante provoca uma postura meio inclinada para a frente. Especialmente os ombros curvados para a frente.

5. Tem uma lesão. Se de facto tiver uma lesão o terapeuta conseguirá sentir calor e inflamação na zona afetada. Já as lesões crónicas serão percetíveis devido à formação de músculos desidratados que fazem nós. Com lesões repetitivas fazem com que os tendões e os músculos pareçam cordas ao toque.

6. Está obstipado. O terapeuta consegue sentir que está com prisão de ventre se o seu estômago estiver firme ao toque.

7. Troca demasiadas mensagens. Os ‘amantes crónicos’ do telemóvel e das mensagens de texto vão sentir dor quando o terapeuta lhes massajar os ombros. Isto porque quando está a escrever no telemóvel está com a cabeça para a frente e para baixo, causando um desequilíbrio nos ombros.

8. Bebe pouca água. Alguns pontos na parte superior das costas seriam suaves se tivesse bebido os oito copos de água recomendados por dia.

9. Está sempre com frio. É instintivo subir os ombros até às orelhas quando se sente com frio. Se costuma ter frio vai estar com o pescoço e o topo dos ombros tensos durante quase todo o inverno.

10. É corredor. As ancas e a parte inferior das costas estarão mais tensas, e provavelmente também terá alguma tensão na planta dos pés.

11. Está com alergias. Se está com alergias ao pó ou a pelo dos animais de estimação terá a pele à volta dos olhos, da testa, das bochechas e do queixo macia e inflamada. O mesmo acontece com as glândulas linfáticas do eito, pescoço e axilas.

12. Usa mochila com frequência. As alças da mochila pesada atravessam as omoplatas e os músculos na escápula tornam-se rígidos em resposta à pressão.

Partilhar esta notícia
Referência