Elevado nível de hormona da tiroide aumenta risco de morte súbitaNotícias de Saúde

Quinta, 15 de Setembro de 2016 | 219 Visualizações

Fonte de imagem: Huffingtonpost

Estudo holandês associa o aumento da hormona da tiroide a um risco de morte súbita 2,5 vezes maior.

O risco de morte súbita é 2,5 vezes maior nas pessoas cujos valores da hormona da tiroide estão mais elevados. A conclusão é de um estudo do Centro Médico da Universidade Erasmus, na Holanda, que vem colocar a glândula da tiroide como mais um fator de risco para a morte inesperada.

Depois de terem analisado os dados médicos de 10,318 pacientes com mais de 65 anos, os investigadores de Roterdão conseguiram provar que o desregulamento por excesso da hormona da tiroide – mais concretamente da tiroxina livre, conhecida como T4 livre - não é apenas uma causa para possíveis problemas cardiovasculares, pode mesmo dar origem à morte súbita, sendo, por isso, importante analisar de forma mais detalhada a forma de atuação desta glândula, pois só assim se poderá ter uma postura preventiva mais eficaz.

Conta o ABC.es que os investigadores compararam a possível relação entre a morte súbuta e a tireotrofina (reguladora as hormonas da tiroide) e a T4 livre dos participantes e concluíram que esta última mais impactante, aumentando 2,5 vezes a probabilidade da pessoa morrer subitamente.

Quando traçados os riscos a longo prazo, os cientistas holandeses conseguiram notar que o risco de morte súbita é quatro vezes maior em dez anos nos pacientes com maiores níveis de T4 livre, hormona que flui na corrente sanguínea sem se unir às proteínas.

O estudo foi publicado na revista Circulation.

Partilhar esta notícia
Referência
Daniela Costa Teixeira