Ejaculação precoce não se resolve com mais testosteronaNotícias de Saúde

Domingo, 12 de Julho de 2015 | 2543 Visualizações

Um estudo publicado no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism conclui que a terapia de reposição de testosterona não funciona para tratar distúrbios da ejaculação em homens com baixos níveis de testosterona.

Os investigadores realizaram um estudo clínico para analisar os efeitos dos tratamentos de reposição de testosterona. A conclusão é de que os pacientes não sentiram uma melhoria na sua função sexual, relata o ABC.

Estima-se que entre 10% a 18% dos homens têm problemas associados à ejaculação: incapacidade de ejacular, diminuição do volume da ejaculação, força da ejaculação diminuída e ejaculação precoce. Este é um problema neurológico totalmente diferente da disfunção erétil, para o qual não existe nenhum tratamento aprovado, sublinha o mesmo meio.

Dario Paduch, do Hospital Presbiteriano de Nova Iorque e do Weill Cornell Medical Center, diz: “apesar de os participantes no estudo não terem sentido nenhuma melhoria significativa na sua função ejaculatória, esperamos que o nosso trabalho estimule o desenvolvimento de ensaios clínicos focados em encontrar tratamentos eficazes”.

Partilhar esta notícia
Referência