Eis como a personalidade pode afetar o sonoNotícias de Saúde

Sexta, 26 de Junho de 2015 | 41 Visualizações

A personalidade de uma pessoa revela muito mais do que perfecionismo, mau feito, rigor, ansiedade ou amabilidade. Segundo o Huffington Post, pode mesmo indicar e condicionar a forma como a pessoa dorme.

A genética é uma das principais culpadas pela existência de pessoas noturnas e pessoas diurnas, contudo a personalidade de uma pessoa pode também influenciar o gosto pelo dia ou pela noite. Ou então o contrario: a propensão genética para o dia ou para a noite pode afetar a personalidade.

Segundo o Huffington Post, as pessoas madrugadoras são mais alegres e felizes e são também as que menos experimentam o ‘jet lag social’, que tanto é benéfico para a saúde com prejudicial para a vida social.

Mas no que toca ao sono, são as pessoas ansiosas as que mais dificuldades têm em dormir, independentemente de preferirem o dia ou a noite. A “excitação cognitiva” é o ‘bicho papão’ de todas as noites e “pode assumir muitas formas, desde a simples revisão das atividades do dia, o remorso ou a expectativa”, diz Natalie Dautovich, membro da Fundação Nacional do Sono norte-americana.

Se os admiradores da noite são mais aventureiros e procuram riscos, acabando por ir para a cama a altas horas, os extrovertidos são os que melhor dormem, diz a publicação. Segundo um estudo do ano passado, as pessoas extrovertidas, de consciência tranquila e afáveis são as que têm melhores noites de sono.

Já aquelas pessoas que pensam em tudo e mais alguma coisa, assumindo mesmo uma atitude neurótica, são mais suscitáveis a ter insónias, uma vez que não se conseguem desligar de tudo o que pensam.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados