Doze formas de ser mais feliz este anoNotícias de Saúde

Terça, 05 de Janeiro de 2016 | 80 Visualizações

Fonte de imagem: teamgantt

A felicidade constrói-se e, para tal, são precisos alguns passos. Saiba quais.

‘Qual o teu maior desejo para o novo ano?’. ‘Felicidade’.

Este é um discurso de final de ano comum, mas a felicidade é uma decisão pessoal, algo que se constrói, conquista e que, por isso, implica algumas mudanças, atitudes e hábitos. Mas o que realmente preciso para se ser feliz?

Segundo a psicóloga espanhola Silvia Congost, que falou ao El País, é preciso dar doze simples passos, que devem ser diários, frequentes e espontâneos.

1. Fazer o mapa do tesouro. A ideia é pensar em todos os objetivos para o novo ano e coloca-los numa cartolina grande, numa espécie de mapa que contará com imagens, fotografias, frases, rabiscos… tudo o que estiver relacionado com os objetivos em mente ou que se vão realizando.

2. Aceitar o crescimento. Com o avançar do ano, é importante tomar consciência de que se está a crescer e a envelhecer. Estar de bem com a idade é meio caminho andado para aceitar as mais variadas situações.

3. Agradecer. Num mundo de felicidade, dá-se, recebe-se e, acima de tudo, agradece-se. Estar grato é uma forma de estar bem, feliz e de consciência tranquila.

4. Dar valor. Para a psicóloga, para se ser feliz é preciso começar a dar valor, não só às coisas, como também às situações, aos momentos e, especialmente, às pessoas.

5. Começar pelo difícil. Uma forma de se ser feliz é evitar o stress. Mas, como fazê-lo no dia-a-dia? É simples. Começar pelas tarefas mais complicadas e morosas fará com que o resto do dia seja muito mais relaxado e agradável, afinal, a pior tarefa já está completa.

6. Estar mais. Passar mais tempo com as pessoas de quem se gosta não só reforça os laços como aumenta os níveis de felicidade. Marcar mais jantares, mais idas ao parque, mais passeios de barco é uma forma de ser feliz e de fazer os outros felizes.

7. Dedicar mais tempo. Seja a si como aos outros. Mas, dedicar mais tempo aos cuidados pessoais é uma forma de estar bem e feliz. Cinco minutos por dia, diz a psicóloga, é o suficiente para começar a dedicar mais tempo a si, às suas vontades e necessidades. A meditação pode ajudar.

8. Viver o presente. O que passou, passou. O que ainda não aconteceu não merece atenção (ou pelo menos, demasiada atenção). Este é um dos lemas para o novo ano: pensar mais no presente, vivendo-o sem que se esteja preso ao passado ou com um pé no futuro.

9. Agir agora. Não deixar para amanhã o que se pode fazer hoje é uma dica antiga e que, diz a publicação, ajuda a aumentar a felicidade.

10. Errar e saber errar. Errar é humano e faz parte da aprendizagem, por isso, não pode, nem deve, ser motivo de vergonha. As pessoas devem saber lidar com os próprios erros e aprender com os mesmos.

11. Celebrar. Tal como no futebol, cada golo merece um festejo. Na vida, cada conquista, uma celebração. Não deixe de se congratular por aquilo que conquistou.

12. Viver a felicidade. Estar obcecado pela felicidade trará tudo menos a dita felicidade. O importante é vivê-la e senti-la, lutar por ela sem que se esteja insaciavelmente à procura da felicidade. Acreditar que se pode (e que se merece) ser feliz, mesmo quando não se tem o que se deseja, é o primeiro passo para começar a viver a felicidade.

Partilhar esta notícia
Referência