Dores nas articulações: Esqueça analgésicos, aposte na alimentaçãoNotícias de Saúde

Terça, 12 de Julho de 2016 | 1251 Visualizações

Fonte de imagem: vivomaissaudavel

Antes de recorrer aos analgésicos, invista numa alimentação para reduzir a inflamação e a dor.

Em algum momento toda a gente terá dores de cabeça, de costas ou de articulações, os médicos destacam que há formas de combater a inflamação e aliviar a dor… sem analgésicos.

Shona Wilkinson, nutricionista do SuperFoodUk, revelou ao Daily Mail como é possível reduzir a inflamação e livrar-se da dor, alterando apenas a dieta. Eis as regras de ouro:

1. Coma cinco peças de fruta ou vegetais frescos por dia. É benéfico para a sua saúde e bem-estar geral mas pode ser especialmente útil para reduzir a inflamação no corpo e se livrar de dores que o podem estar a incomodar.

2. Tenha atenção às gorduras. As gorduras da nossa dieta são metabolizadas pelo corpo e transformadas em ‘hormonas locais’ conhecidas como prostaglandinas. Shona Wilkinson explica: “Dependendo do tipo de gordura, estas hormonas locais podem aumentar a inflamação ou reduzi-la.” Portanto é importante que aposte em gorduras saudáveis, como o ómega 3 (uma porção três vezes por semana) e reduza o consumo de gorduras saturadas e trans, que, segundo os estudos, aumentam a inflamação e o risco de uma série de problemas de saúde.

3. Consuma proteína, mas com alguns cuidados. A proteína é essencial para reparar e curar o corpo, mas em níveis elevados a proteína de origem animal, especialmente da carne, pode ter o efeito contrário. Dê preferência às proteínas de origem vegetal como feijões, sementes ou lentilhas, por exemplo. O peixe, o peru e o frango sem pele também pode ser incluídos.

4. ‘Apimente’ as refeições. Nas suas refeições, inclua várias especiarias suaves, como o açafrão, a pimenta-caiena ou o gengibre, uma vez que têm uma ação anti-inflamatória no corpo.

5. Tenha a sua garrafa de água sempre por perto. Além de o manter hidratado, a água transporta os nutrientes para onde eles são necessário e remove as toxinas e as células mortas, que são produzidas em maiores quantidades quando há uma inflamação no corpo.

6. Diga ‘não’ a alimentos como: alimentos açucarados e hidratos refinados, café, refrigerantes, carnes vermelhas, gorduras saturadas ou citrinos, que apesar de uns serem mais saudáveis do que outros, podem agravar os sintomas provocados pela inflamação.

7. Atenção ao stress. O stress provoca acidez no corpo e aumenta os radicais livres, contribuindo para a inflamação e para as dores.

Partilhar esta notícia
Referência
POR VÂNIA MARINHO

Notícias Relacionadas