Diabetes tipo 2: pequeno-almoço tarde pode causar obesidadeNotícias de Saúde

Segunda, 23 de Abril de 2018 | 17 Visualizações

Fonte de imagem: Cooking The Globe

Um novo estudo indicou uma associação entre deitar tarde e a obesidade em pacientes com diabetes do tipo 2.
 
Segundo o estudo conduzido por Sirimon Reutrakul e colegas da Faculdade de Medicina em Banguecoque, Tailândia, o fator principal que conduz àquela associação é a toma tardia do pequeno-almoço.
 
A equipa de investigadores procurou investigar as preferências diurnas ou noturnas de indivíduos com o efeito das mesmas sobre o índice de massa corporal (IMC) e, para o propósito, recrutou 210 residentes tailandeses com diabetes de tipo 2 que não trabalhavam por turnos.
 
Para determinarem as preferências dos participantes pelas manhãs ou noites, a equipa pediu que completassem um questionário próprio que contemplava perguntas como hora preferida de despertar e de ir dormir, hora preferida do dia para praticar exercício, de trabalhar, ler e outras atividades mentais.
 
Foram ainda efetuados outros questionários, entrevistas e exames físicos para apurar as horas das refeições dos participantes, aporte de calorias diário, duração e qualidade do sono e IMC.
 
Os investigadores verificaram que os participantes, em média dormiam 5,5 horas por noite, consumiam 1.103 calorias diárias e apresentavam um IMC de 28,4, o qual corresponde a excesso de peso.
 
Foi ainda apurado que 113 dos participantes preferiam as manhãs e tomavam o pequeno-almoço entre as 7 e as 8.30 horas da manhã e faziam as restantes refeições mais cedo, e que 97 preferiam as noites e tomavam aquela refeição entre as 7.30 e as 9 horas da manhã e faziam o resto das refeições mais tarde.
 
A equipa apurou que uma maior preferência pelas noites estava associada a um IMC mais elevado. No entanto, o consumo de calorias e as horas do almoço e jantar não foram associados a um IMC mais elevado.
 
“O pequeno-almoço tarde mediou a relação entre a preferência pela manhã e noite e o IMC”, concluíram os investigadores, acrescentado que a hora do pequeno-almoço tardia é um novo fator de risco associado a um IMC mais elevado em pessoas com diabetes do tipo 2.

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo publicado na “Diabetic Medicine”

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados