Dez mitos sobre a alimentação saudávelNotícias de Saúde

Quarta, 13 de Abril de 2016 | 95 Visualizações

Fonte de imagem: Pixabay

Desfaça estas ideias e recupere a variedade de escolhas e alguma calma na rotina.

Numa altura em que toda a gente parece ser especialista em alimentação saudável é importante desfazer algumas crenças populares que o podem impedir de ter variedade na alimentação ou que até o fazem cometer ‘pecados’ na dieta sem saber.

O site Incrível.club alguns mitos sobre a alimentação saudável e que deve esquecer.

1. Ao fim da tarde não deve fazer refeições.Com o ritmo de vida actual, fazer refeições depois das 18 horas não só é possível, como também é necessário. As pessoas tendem a ir dormir mais tarde e o jejum pode afetar negativamente a saúde. Mas lembre-se de que o jantar deve ser leve e que deve ser feito pelo menos quatro horas antes de ir dormir.

2. As gorduras fazem mal. Sem gordura é praticamente impossível manter o metabolismo saudável. Sem ela as vitaminas A e E não são absorvidas, e as hormonas sexuais praticamente deixam de ser fabricadas. Corte nas gordura saturadas e ingira gorduras saudáveis monoinsaturadas.

3. Não se deve comer entre as refeições. É necessário fazer pequenos lanches equilibrados e saudáveis entre as refeições para repor as reservas de energia, prolongar a saciedade e não ter tanta fome na próxima refeição. Opte por comer fruta fresca ou frutos secos, por exemplo.

4. Os produtos orgânicos são sempre saudáveis. Os produtos que se dizem ‘orgânico’ nas embalagens (ou seja, que foram produzidos sem agro-tóxicos ou suplementos alimentares), muitas vezes não são muito diferentes de outros produtos, mas o preço é consideravelmente mais alto.

5. Deve ‘fugir’ dos hidratos de carbono. Há hidratos de carbono simples e complexos. Os simples são ricos em açúcar e ‘calorias vazias’ e são rapidamente digeridos e absorvidos pelo organismo (promovendo uma curta saciedade). Já os hidratos de carbono complexos são ricos em fibra e são digeridos e absorvidos lentamente pelo organismo, promovendo uma saciedade duradoura (pode encontra-los em cereais integrais, feijões, verduras e frutas).

6. As frutas e verduras perdem as suas propriedades quando congeladas. As tecnologias modernas de congelamento permitem manter praticamente todos os elementos saudáveis.

7. A dieta da separação de alimentos ajuda a emagrecer. O conjunto de fermentos produzido pelo estômago e pelo pâncreas permite digerir, ao mesmo tempo, proteínas, gorduras e hidratos de carbono. Até hoje, não existem provas científicas de que separar alimentos proteicos dos que contêm hidratos de carbono ajuda a perder o peso.

8. O pão escuro é melhor do que o pão branco. A cor escura do pão não quer dizer que ele tenha muita fibra. A cor pode ser obtida com corantes cor de caramelo. O pão mais saudável e rico em vitaminas é o integral sem fermento.

9. Os sumos naturais são tão saudáveis como as frutas. Os sumos e smoothies praticamente não contêm a valiosa fibra da fruta. A quantidade de vitaminas e minerais também é reduzida drasticamente durante a preparação. Portanto, se conseguir, é melhor consumir as frutas frescas e inteiras.

10. O sushi é amigo da dieta. O sushi em si não prejudica a silhueta, mas o arroz branco usado no sushi não é o produto mais ‘diet’ do mundo. Pior ainda é o molho de soja, a maionese ou o queijo de barrar que às vezes são consumidos com este tipo de comida – com muitas calorias e altos níveis de sódio (soja). 

Partilhar esta notícia
Referência
POR VÂNIA MARINHO

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados