Dez coisas a saber sobre intolerância à lactose e o leite livre delaNotícias de Saúde

Domingo, 05 de Março de 2017 | 655 Visualizações

Fonte de imagem: Soul Mulher

Em que é que consiste a intolerância à lactose? Quais são os sintomas? O leite sem lactose é de digestão mais fácil? E tem menos calorias do que o leite com lactose? Desfaça as dúvidas e os mitos.

Há muito que o leite gera mil lendas em relação ao conteúdo de cálcio ou até à digestão, com muitas pessoas a defender o gordo e outras tantas a defender o magro. Entretanto a nova moda é o leite sem lactose, mas acha que sabe tudo sobre ele?

Seja ou não intolerante à lactose, é importante que desfaça todas as dúvidas e todos os mitos sobre a intolerância à lactose e o leite sem lactose. O El Confidencial destaca as 10 coisas a saber:

1. Em que é que consiste a intolerância à lactose? A lactose é um dissacarídeo, o açúcar natural do leite. A intolerância à lactose é provocada pela ausência de láctase no corpo. A sua função é separar a lactose em dois componentes: a glicose e galactose, mas se este processo não ocorre corretamente a lactose não é absorvida pelo organismo. Por não ser digerida, é fermentada pela flora bacteriana e provoca desconforto.

2. Quais são os sintomas? Ainda que o mais adequado seja consultar um médico para lhe fazer um diagnóstico, alguns sinais de intolerância à lactose são sintomas como náuseas, vómitos, dor abdominal, gases ou diarreia – que ocorram depois de ingerir leite ou outros derivados lácteos, entre 30 minutos a duas horas depois.

3. O leite sem lactose é mais fácil de digerir? Sim, sem lactose do leite, o leite é mais digerível para quem tem intolerância à lactose e minimiza o efeito dos gases e a sensação de peso, em comparação com o leite com lactose.

4. O leite sem lactose tem o mesmo sabor do leite 'normal'? Através do processo industrial, a enzima láctase quebra a lactose nos seus dois açúcares simples: glicose e galactose. É por causa deste processo que os consumidores dizem que o leite sem lactose é mais doce do que o leite ‘clássico’.

5. O leite sem lactose tem menos calorias do que o leite ‘tradicional’? Este é um mito que se espalhou, no entanto o teor de açúcares totais de ambos os produtos é o mesmo. A única diferença é que ao leite isento de lactose é adicionada a láctase para transformar este açúcar nas suas unidades simples (glucose e galactose) e, portanto, podem ser absorvidos mais facilmente pelo organismo.

6E as opções sem lactose têm os mesmos nutrientes do leite ‘comum’? O leite sem lactose mantém todos os nutrientes do leite.

7. O leite sem lactose é bom para todos? A vantagem do leite isento de lactose é que é adequado tanto para intolerantes como para os que não o são. Os únicos que devem eliminar qualquer leite da sua dieta são os alérgicos à proteína do leite de vaca, que devem preferir bebidas vegetais alternativas, como a soja.

8. Quais são os tipos de intolerância que existem? As pessoas intolerantes à lactose podem sê-lo devido a três causas:

Deficiência congénita: ocorre desde o nascimento. O bebé não tem nenhuma atividade da láctase, assim que é exposta ao consumo do leite materno. É um tipo raro de intolerância.

Deficiência primária: é uma condição em que, com a idade, ocorre uma diminuição fisiológica na produção de láctase no corpo. Algo normal na maioria dos mamíferos. A prevalência é alta e variável geograficamente, sendo mais frequente em países do hemisfério sul.

Deficiência secundária (ou adquirida): geralmente ocorre como resultado de uma doença gastrointestinal, doença celíaca ou infeção e, geralmente, tem um caráter pontual.

9. Como posso saber se sou intolerante à lactose? Se sentir desconforto após ingerir produtos lácteos e suspeitar de uma intolerância à lactose deve consultar um médico para fazer testes como:

Teste do hidrogénio expirado: é o teste mais utilizado e envolve beber uma dose padrão de lactose dissolvida em água para posteriormente medir os níveis de hidrogénio no ar expirado em 15, 30, 60, 90 e 120 minutos.

Análise ao sangue: verifica a presença de glicose no sangue. O corpo produz glicose quando a lactose é quebrada.

Biopsia do intestino delgado.

10. Porque é que os chineses são intolerantes à lactose? A China é um dos maiores produtores de leite do mundo e, no entanto, a maioria da população é intolerante à lactose; ou seja, o seu corpo não produz láctase. Uma das teorias mais comum afirma que tradicionalmente os chineses não foram produtores de gado e por isso podem não ter desenvolvido a capacidade de produzir láctase. Sabia que mais de 70% da população mundial é intolerante à lactose?

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas