Depressão: apenas 1 hora de exercício físico oferece proteçãoNotícias de Saúde

Sábado, 07 de Outubro de 2017 | 42 Visualizações

Fonte de imagem: Huffingtonpost

Uma equipa de investigadores descobriu que a prática regular de exercício físico, de qualquer intensidade, pode oferecer prevenção contra a depressão no futuro.
 
O estudo conduzido por uma equipa de investigadores do Instituto Black Dog e da Universidade da Nova Gales do Sul, Austrália, revelou ainda que apenas uma hora de exercício é já o suficiente para que os benefícios em termos de depressão sejam visíveis.
 
A equipa do estudo, o maior do seu género até à data, era constituída por várias nacionalidades, e contou com a análise de 33.908 noruegueses adultos e saudáveis, cujos índices de exercício físico e sintomas de ansiedade e depressão foram medidos durante mais de 11 anos.
 
No início do estudo, os participantes foram questionados sobre a frequência da prática e intensidade de exercício físico dos mesmos: sem ficarem sem fôlego ou suarem, ficando sem fôlego e a suarem, ou a ficarem exaustos.
 
Durante o período de monitorização os participantes completaram um questionário para determinar a incidência de ansiedade ou depressão nos mesmos. Foram tidos em conta fatores que pudessem ter impacto sobre a associação entre o exercício físico e doenças mentais comuns. 
 
Os resultados demonstraram que as pessoas que diziam não praticar exercício físico no início do estudo, apresentavam uma propensão 44% maior para desenvolverem depressão, em comparação com os que praticavam exercício físico entre uma a duas horas por semana. 
 
Os benefícios observados não se verificaram, no entanto na proteção contra a ansiedade, sem ter sido identificada uma associação entre o nível e intensidade do exercício físico e a possibilidade de desenvolvimento da doença.
 
Os investigadores apuraram ainda que 12% de casos de depressão poderiam ter sido evitados se os participantes tivessem praticado pelo menos uma hora de atividade física semanalmente.
 
Samuel Harvey, investigador do Instituto Black Dog mostrou-se entusiasmado com esta descoberta: “estes achados são impressionantes porque demonstram que mesmo quantidades relativamente pequenas de exercício – desde uma hora por semana – podem trazer proteção significativa contra a depressão”. 

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo publicado na “American Journal of Psychiatry

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados