Demasiada carne vermelha pode ser prejudicial para os rinsNotícias de Saúde

Quinta, 21 de Julho de 2016 | 360 Visualizações

Fonte de imagem: frigorificozimmer

O consumo regular de carne vermelha, em particular carne de porco, pode provocar danos nos rins.

Um estudo da Duke-NUS Medical School, em Singapura, vem apontar mais uma consequência ao consumo regular de carne vermelha. De acordo com o investigador principal, o médico Puay Koh, o consumo frequente de carne vermelha, em especial de carne de porco, aumenta o risco de insuficiência renal.

Diz o estudo, citado pela revista Health, que o risco para os rins depende da quantidade de carne vermelha ingerida, podendo a probabilidade de ter problemas neste órgão cair até 62% quando o consumo deste tipo de proteína é alternado com outro, como a carne branca, peixe ou a proteína de origem vegetal (como soja, tofu, leguminosas, quinoa, etc).

Conta a revista que o impacto da carne vermelha na saúde renal acontece independentemente da existência de outros fatores, como o estilo de vida ou outras doenças. Um elevado consumo (não especificado) equivale a um aumento de 40% do risco. A conclusão surgiu depois de terem sido analisados 63 mil chineses com uma idade média de 15,5 anos.

Esta não é a primeira vez que o consumo de carne vermelha está associado a riscos para a saúde. A Organização Mundial da Saúde (OMS) colocou esta proteína de origem animal no leque de alimentos potencialmente cancerígenos.

Partilhar esta notícia
Referência
Daniela Costa Teixeira

Notícias Relacionadas