CrossFit, o desporto do FitnessNotícias de Saúde

Sábado, 21 de Fevereiro de 2015 | 100 Visualizações

- É divertido, nunca repetes o mesmo treino dois dias seguidos.

- Utiliza movimentos que vêm da ginástica, como exercícios em argolas, paralelas, barras, ou do halterofilismo (agachamentos, peso morto) com movimentos com alto movimento metabólico (remo, corrida, salto à corda, bicicleta, etc.)

- Realiza movimentos funcionais, trabalha-se o corpo como um todo, não se isola o trabalho muscular como nas máquinas.

- Tempo de execução, cargas, número de repetições ou rondas, tudo é medido e comparam-se os progressos à medida que se vai evoluindo.

- Comunidade. Cada um faz os Workout of the day indicados e cada um compete consigo e com os outros (se assim o desejar) para superar os limites físicos e mentais.

- Adaptação. O CrossFit pode ser praticado por qualquer pessoa, os exercícios são os mesmos mas tendo em conta as limitações e o nível de preparação física de cada pessoa.
 
No fundo, trata-se de um treino global e eficaz, que pode dar bons resultados tanto para ganhar força como para perder peso, independentemente da faixa etária ou nível de condição física do praticante. Naturalmente o risco de lesão pode ser elevado se os treinos não seguirem uma execução correta, como em qualquer outro método, pelo que o acompanhamento por um instrutor certificado é um fator decisivo. Um dos critérios fundamentais do CrossFit é garantir a execução técnica correta dos movimentos antes de começar a trabalhar com intensidade e cargas elevadas. Por isso o primeiro passo é insistir na correta execução técnica dos movimentos básicos.

Partilhar esta notícia
Referência