Crianças portuguesas com excesso de peso aos três anosNotícias de Saúde

Terça, 05 de Novembro de 2013 | 75 Visualizações

Estudo pioneiro em Portugal mostra dados preocupantes sobre hábitos alimentares nos primeiros anos de vida.

O primeiro estudo nacional sobre hábitos e comportamentos alimentares de jovens em idade pré-escolar revela que 30% das crianças até aos três anos de idade têm excesso de peso. Destas, 6,5% já são obesas.

O estudo, que envolveu mais de três dezenas de investigadores, conclui que as crianças portuguesas apresentam um potencial genético de crescimento inferior à média mundial, mas com um peso acima da referência da Organização Mundial de Saúde.

A coordenadora deste projeto, Carla Rêgo, defende que quanto menor é a estatura mais fácil será desenvolver, num ambiente que seja propício, excesso de peso e obesidade. A principal preocupação dos investigadores prende-se com o facto de este ambiente propício surgir logo nos primeiros três anos de vida da criança. 

Também os pais dos meninos que fizeram parte deste estudo, com uma média de idades de 34 anos, registaram uma tendência de excesso de peso e/ou obesidade. Neste grupo, 38% das mulheres e 61% dos homens está acima da média nacional de peso.

Banco da Saúde

Partilhar esta notícia
Autor
CM
Referência
Carla Rêgo

Notícias Relacionadas