COVID-19 não é transmitido de grávidas para recém-nascidosNotícias de Saúde

Quarta, 18 de Março de 2020 | 43 Visualizações

Investigadores chineses verificaram que 4 bebés de mães infetadas com a COVID-19 nascidos em Wuhan não se encontravam infetados com o vírus.
 
Os investigadores analisaram o caso de 4 mães que deram à luz num hospital em Wuhan, o epicentro da pandemia que infetou 100.000 pessoas e matou mais de 3.400 a nível mundial até agora.
 
Esta investigação verificou que nenhum dos bebés desenvolveu sintomas preocupantes associados à COVID-19, tais como febre ou tosse.
 
Três das quatro crianças obtiveram resultados negativos em testes de infeções respiratórias, sendo que a mãe do quarto bebé recusou os exames. Apesar de um dos bebés ter tido alguns problemas respiratórios ligeiros durante três dias, este foi tratado através de ventilação mecânica não invasiva.
 
Segundo Yalan Liu, um dos investigadores, foram feitos 3 partos por cesariana para evitar infeções causadas por transmissão pós e perinatal. Verificou-se que os partos por cesariana são os mais seguros, apesar de um parto vaginal ter sido realizado sem quaisquer complicações.
 
Liu acrescenta que em surtos anteriores de coronavírus os cientistas não encontraram casos de transmissão viral de mãe para filho. No entanto a SARS e a MERS estavam ambas associadas a doença materna crítica, aborto espontâneo ou até morte materna.
 
Os autores afirmaram que são necessárias mais investigações sobre outros aspetos da potencial infeção por COVID-19 em recém-nascidos e crianças. A sensibilidade do atual teste diagnóstico para a deteção do vírus é de cerca de 71%, pelo que sugerem a avaliação da sua fiabilidade em crianças.

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo publicado na revista “Frontiers in Pediatrics”