Consumir frutos de casca rija pode fazer reduzir o pesoNotícias de Saúde

Segunda, 25 de Setembro de 2017 | 33 Visualizações

Fonte de imagem: Organic Facts

O consumo de frutos de casca rija poderá ajudar na manutenção de um peso saudável, indicou um estudo recente.
 
Considerados por muitos como alimentos não aconselhados para quem deseja perder peso devido ao seu alto teor de gordura e de calorias, os frutos de casca rija demonstraram, no entanto, que na verdade podem ajudar a emagrecer, bem como a evitar o aumento de peso. 
 
Este estudo, que teve a duração de cinco anos, foi conduzido por Joan Sabaté, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Loma Linda, EUA, investigador sénior, e por Heinz Freisling da Agência Internacional de Investigação do Cancro (IARC, nas suas siglas em inglês), em Lyon, França.
 
Para o estudo, a equipa avaliou dados recolhidos do estudo Investigação Prospetiva Europeia ao Cancro e Nutrição (EPIC, nas suas siglas em inglês) sobre a alimentação e estilo de vida de 373.293 indivíduos, com idades compreendidas entre os 25 e os 70 anos, que tinham sido recrutados entre 1992 e 2000 em 10 países europeus. 
 
A equipa teve ainda a colaboração de mais 35 investigadores de 12 países europeus e da Malásia. 
 
Para o estudo, que foi o primeiro de grande escala a investigar a associação entre o peso e o consumo de frutos de casca rija, foram considerados os pistácios, nozes, avelãs, amêndoas, e ainda os amendoins. 
 
Durante o estudo foi verificado que os participantes tinham ganho uma média de 2,1 kg de peso. No entanto, foi observado que os participantes que consumiam mais frutos de casca rija apresentavam um menor ganho de peso, bem como um risco 5% inferior de se tornarem obesos ou sofrerem de excesso de peso, em relação aos participantes que não consumiam aquele tipo de frutos.
 
Face aos resultados Joan Sabaté considerou que “para mim, isto confirma que os frutos de casca rija não são alimentos obesogénicos”. 
 
Anteriormente, ambos os investigadores tinham já estudado os frutos de casca rija, tendo-os associado a vários benefícios para a saúde, como a preservação da função da memória nas pessoas mais velhas e um envelhecimento saudável.
 
Joan Sabaté recomenda assim um consumo mais frequente de frutos de casca rija, apontando que estes alimentos oferecem, proteínas, gorduras boas, vitaminas, minerais e fitoquímicos.  

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo publicado na “European Journal of Nutrition”