Conheça os 'alimentos quentes' que deve consumir nos dias friosNotícias de Saúde

Segunda, 12 de Outubro de 2015 | 1121 Visualizações

Fonte de imagem: iguaria / Castanhas

Se é das pessoas que acredita que o sumo de laranja é o verdadeiro segredo para combater as consequências dos dias frios, fique a saber que são outros os alimentos mais indicados para o mau tempo que se avizinha.

Se no verão a aposta deve recair nos alimentos frescos, o outono e o inverno pedem ‘alimentos quentes’, mas desengane-se se pensa que vai ter que ‘fazer o esforço’ para atacar pratos de feijoada, cozido à portuguesa ou bacalhau com natas.

Hélder Flor, especialista em Medicina Tradicional Chinesa, explica que nos dias frios a aposta deve ser feita em alimentos “naturalmente quentes”. “Nos meses mais frios devemos privilegiar a ingestão de alimentos de natureza quente, como os condimentos e as especiarias, de forma a reforçar e restabelecer a estabilidade do nosso corpo”, explica o especialista num comunicado enviado às redações.

E para quem associa a laranja ao inverno – e ao combate de possíveis constipações e gripes – o especialista em um alerta a dar: a laranja é um fruto fresco, só deve ser consumido na hora de colheita e o “elevado grau de acidez” ao cair no estômago pode causar “gastrites e um esvaziamento da vesícula biliar acompanhado de leves indisposições”.

Quanto à vitamina C e à ‘necessidade’ de consumi-la para fazer frente às mudanças de temperatura que se avizinham, o especialista dá a conhecer outros alimentos ricos neste nutriente e que devem ser uma aposta nos dias que se seguem: caju, kiwi, brócolos, couve-flor, morangos, couve portuguesa.

Mas, afinal, quais são os ‘alimentos quentes’ que se devem consumir? “Gengibre, cardamomo, canela, malagueta, pimenta preta, tomilho, orégãos, manjericão, aveia, alho francês, cebola, romã, castanhas, figos, peras, avelãs, nozes ou uvas”, informa a mesma nota.

Estes alimentos são “exemplos de alimentos com características mais quentes que reforçam o nosso corpo e ajudam a lidar melhor com o contraste de temperatura”. 

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas