Conheça a 'Maria' e saiba mais sobre a esclerose múltiplaNotícias de Saúde

Quarta, 25 de Maio de 2016 | 64 Visualizações

Fonte de imagem: © Teva Pharmaceuticals Espanã

Celebra-se esta quarta-feira o Dia Internacional da Esclerose Múltipla. Conheça a campanha de sensibilização.

A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença crónica, inflamatória e degenerativa. Afeta maioritariamente os jovens adultos (dos 20 aos 40 anos) e interfere com o sistema nervoso central, causando incapacidades a nível físico e mental . Os sintomas são muitos e variam consoante a evolução da doença, mas a causa, essa, continua por descobrir, assim como a cura.

Dia Mundial da Esclerose Múltiplaocorre sempre na última quarta-feira do mês de maio e celebra-se um pouco por todo o mundo. Este ano, à importância de dar a conhecer a doença alia-se o uso das redes sociais e a divulgação da hashtag #strongerthanMS (mais forte do que a esclerose múltipla, em tradução livre).

O site Word MS Day indica que existem, atualmente, 2,3 milhões de pessoas com esta doença neurológica, sendo que estima-se ainda a existência de centenas de milhares de pacientes ainda sem diagnóstico. As mulheres são as mais afetadas com esta condição, apresentando sintomas comuns de visão turva, fraqueza nas pernas, formigueiro, desequilíbrio e fadiga. Em Portugal são mais de 600 mil os pacientes.

Mas, como é ter Esclerose Múltipla? A ‘Maria’ sabe. Este é o nome da personagem que protagoniza a campanha criada pela Teva Pharmaceuticals Espanã, em que é revelado o diagnóstico da doença e o que muda depois da EM entrar na vida de uma pessoa.

O vídeo, que pode ver acima, pretende explicar a doença de forma a aumentar o diagnóstico precoce e a melhorar a abordagem e a monitorização da doença.

“Através deste vídeo, queremos aumentar a sensibilização da comunidade relativamente à EM, fornecendo informação sobre a doença, a sua abordagem e tratamento, porque acreditamos que é essencial para aumentar a qualidade de vida dos doentes”, diz Mário Madeira, diretor geral da Teva Portugal e citado por um comunicado enviado às redações.

Para mais esclarecimentos ou informações sobre a doença visite o site da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla.

 

Partilhar esta notícia
Referência
POR DANIELA COSTA TEIXEIRA

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados