Conduzir de ressaca pode ser tão perigoso como fazê-lo alcoolizadoNotícias de Saúde

Sábado, 25 de Março de 2017 | 21 Visualizações

Fonte de imagem: Cornerstone

É ótimo que já tenha reconhecido os riscos de conduzir alcoolizado, mas saiba que no dia seguinte também não boa ideia pegar no volante.

Conduzir embriagado não só o habilita a uma grande multa ou até a perder a carta de condução, como coloca a sua vida e a dos outros em perigo.

Se já sabe isto e por isso não arrisca a conduzir mesmo quando só bebeu um ou dois copos, ótimo. Mas e no dia seguinte? Um estudo pedido pela Ford e realizado pelo instituto alemão Meyer-Hentshel alerta que conduzir de ressaca tão pouco é seguro.

Através de fato e de algumas ferramentas que imitavam os efeitos que o ‘estado de ressaca’ pode provocar, os investigadores verificaram que tanto a atenção como as capacidades ao volante ficavam comprometidas – mesmo quando a bebedeira já tinha passado a uma dolorosa lembrança.

Mesmo sem álcool no sangue, conduzir de ressaca pode ser perigoso e “há muitos estudos científicos que mostram que a capacidade para conduzir diminui quase tanto como no momento em que tem álcool no sangue”, destaca Gundolf Meyer-Hentschel, CEO do instituto Meyer-Hentschel, segundo cita o site M de Mulher.

Partilhar esta notícia
Referência
Vânia Marinho

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados