Complicações na gravidez podem causar mais afrontamentosNotícias de Saúde

Segunda, 08 de Outubro de 2018 | 5 Visualizações

Fonte de imagem: The Independent

Um estudo indicou que os eventos que ocorrem durante o período da gravidez poderão exercer um efeito mais prolongado sobre a saúde do que era estimado.
 
Com efeito, uma equipa de investigadores do Centro de Ciências da Saúde da Universidade de Oklahoma, EUA, descobriram uma associação entre problemas com hipertensão na gravidez e diabetes gestacional com uma maior quantidade de afrontamentos, mais tarde, durante a transição para a menopausa.
 
Estima-se que cerca de 60 a 80% das mulheres experienciem afrontamentos durante a fase da menopausa.  
 
Os afrontamentos têm sido associados a uma disfunção vascular do endotélio e também a problemas de hipertensão na gravidez e a diabetes gestacional. Isto levou os investigadores a especularem que estes problemas de gravidez poderiam fazer aumentar a quantidade de afrontamentos durante a menopausa.
 
Para o efeito, a equipa estudos dados de mais de 2.200 mulheres que tinham integrado outro estudo nos EUA sobre saúde nas mulheres.
 
Os investigadores concluíram que existe uma associação modesta entre os problemas com hipertensão e de diabetes gestacional e um número mais elevado de afrontamentos. 
 
Adicionalmente, o estudo identificou ainda a importância da educação e de outros fatores sociais sobre os resultados da gravidez e afrontamentos. 
 
Rhoda Conant, investigadora que liderou o estudo confirmou que “este estudo sublinha novamente a importância das complicações da gravidez como a diabetes gestacional e a pré-eclâmpsia para a saúde mais tarde, particularmente a saúde cardiovascular na meia-idade. As mulheres com historial destas doenças de gravidez tinham mais peso e maior propensão a estarem a tomar medicamentos de redução dos lípidos e medicamentos para a diabetes”.

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo apresentado no Congresso de 2018 da Sociedade Norte-Americana para a Menopausa

Notícias Relacionadas