Como evitar as mudanças de humorNotícias de Saúde

Segunda, 30 de Maio de 2016 | 333 Visualizações

Fonte de imagem: fashionpixs

São as emoções que ditam o nosso estado de espírito, mas tal não quer dizer que exista ‘luz verde’ para que comandem todas as oscilações de humor. Existem formas bastante eficazes de as controlar.

Tanto as emoções positivas como as emoções negativas são importantes para o nosso bem-estar físico e mental. Mas é preciso encontrar o equilíbrio… e controlá-las.

Segundo a health coach Isadora Baum, controlar as emoções é uma forma eficaz de evitar o sofrimento e de prevenir possíveis mudanças de humor, que nem sempre são bem recebidas e percebidas.

Ao site Bustle, esta especialista revela as formas mais eficazes de o conseguir. Uma delas é reconhecer o próprio pensamento, isto é, saber distinguir os pensamentos úteis dos inúteis e aqueles que fazem sentido daqueles que apenas aparecem para ‘chatear’.

Mas para além de ser preciso saber controlar as emoções, é também importantesaber separar as várias emoções. Aqui, a especialista diz que a pessoa deve ser capaz de perceber quando deve estar feliz e quando deve estar triste e quando deve aliar uma destas emoções à sensação de ansiedade, por exemplo. A verdade é que tudo tem que fazer sentido.

Controlar as emoções negativas com atos propositados, como cantar ou dançar, é outra forma de evitar uma mudança de humor repentina, tal como acontece quando se deixa que as reações corporais aconteçam naturalmente. Relaxar e dar ouvidos à máquina é o segredo: “Em vez de tentar empurrar as sensações para longe, permita que passem simplesmente através do seu corpo como uma onda”, diz Chelsea Hudson, terapeuta atualmente a exercer em Chicago, nos Estados Unidos.

Não se julgar pelas próprias emoções e fazer algumas pausas – especialmente quando estas permitem relaxar, pensar e controlar o que se sente – são outras dicas expressas na publicação, que destaca ainda a importância de chorar quando é para chorar e de rir quando é para rir.

Partilhar esta notícia
Referência
POR DANIELA COSTA TEIXEIRA