Como a fome facilmente dá origem à raivaNotícias de Saúde

Domingo, 13 de Setembro de 2015 | 42 Visualizações

Fonte de imagem: brasilpost

A falta de calorias não permite que o cérebro seja capaz de controlar as emoções.

É muito fácil ficar com fome quando se está irritado, mas mais fácil ainda é ficar-se irritado quando se está com fome. Confuso? A ciência explica.

Diz um estudo da Universidade de Cambridge que a sensação de fome é das que mais dá origem ao sentimento de raiva e tal não se trata apenas de uma reação psicológica. É tudo uma questão física, revela a investigação citada pela revista Shape.

De acordo com o estudo britânico, a falta de energia – leia-se calorias – faz com que o cérebro não seja capaz de controlar as emoções mais negativas.

Tal, deve-se ao facto de o sentimento de raiva reduzir o nível de açúcar no sangue que, por seu turno, interfere com o estado normal da serotonina, hormona responsável pela comunicação entre neurónios e pela regulação do humor, sono, apetite, ritmo cardíaco, temperatura corporal, sensibilidade a dor e capacidade de controlo emocional.

Para os investigadores, a falta de energia e nutrientes não permite que o cérebro seja capaz de controlar as emoções mais negativas e tal deve ser evitado com várias refeições ao longo do dia, mas evitando o açúcar.

Partilhar esta notícia
Referência