Comer fruta antes das compras incentiva opções saudáveisNotícias de Saúde

Quinta, 30 de Abril de 2015 | 50 Visualizações

Se quer fazer opções alimentares mais saudáveis mas não consegue resistir às tentações que lhe sorriem no corredor dos chocolates e das bolachas quando vai às compras, a solução pode ser mais simples do que imagina: basta comer uma maçã antes de ir ao supermercado. 

A conclusão é de uma investigação norte-americana, que assegura que a ingestão de um 'snack' saudável como uma peça de fruta antes das idas às compras ajuda, não só, a diminuir a sensação de fome durante a presença no supermercado, como incentiva, também, os compradores a escolherem produtos mais saudáveis.

Os cientistas da Universidade de Cornell, nos EUA, levaram a cabo três estudos diferentes de pequenas dimensões para apurar se aqueles que consumiam um 'aperitivo' saudável antes da ida às compras tinham, depois, tendência a optar por alimentos mais benéficos para a saúde. 

No âmbito do primeiro estudo, 120 compradores foram, aleatoriamente, divididos em três grupos à chegada ao supermercado: um deles recebeu uma maçã para provar, outro recebeu amostras de biscoitos e um terceiro não recebeu qualquer produto, revela um comunicado.

Segundo a equipa, coordenada pelo investigador Aner Tal, aqueles que foram convidados a provar uma maçã compraram uma percentagem 28% superior de fruta e vegetais durante a passagem pelo supermercado à dos que os que receberam biscoitos e adquiriram, também, 25% mais produtos saudáveis do que os que não foram contemplados com amostras.

No segundo e terceiro estudos, os participantes fizeram compras 'online', mas os resultados repetiram-se, com os investigadores a constatar que o que mais influencia o comportamento dos pacientes depois de provarem uma amostra não é o facto de esta ser saudável mas o facto de dar aos compradores a sensação de o ser.

"As descobertas sugerem que os supermercados podem encorajar as pessoas a comprar mais produtos frescos oferecendo, por exemplo, provas de frutas e vegetais aos clientes quando estes entram na loja", sugerem os autores da investigação publicada, a semana passada, na revista científica Psychology & Marketing.

Clique AQUI para aceder ao estudo (em inglês). 

Partilhar esta notícia
Referência
revista científica Psychology & Marketing

Notícias Relacionadas