Combinação de fármacos trava resistência no cancro do pulmãoNotícias de Saúde

Segunda, 09 de Abril de 2018 | 19 Visualizações

Fonte de imagem: The Apopka Voice

O uso da combinação de dois fármacos poderá constituir um tratamento eficaz para a maioria dos cancros do pulmão, indica um novo estudo.
 
Conduzido por uma equipa de investigadores do Centro do Cancro Simmons da Universidade do Texas Southwestern, o novo estudo demonstrou que o uso de um fármaco que inibe o recetor do fator de crescimento epidérmico (EGFR) e o fator de necrose tumoral (FNT) impedem eficazmente que as células tumorais usem o FNT como escape.
 
Os resultados foram obtidos em ratinhos com cancro do pulmão e apuraram ainda que quando o FNT é bloqueado, o cancro torna-se sensível ao tratamento sobre o EGFR. A combinação de ambos os fármacos foi também bem tolerada, com poucos efeitos secundários.
 
Amyn Habib, autor sénior do estudo disse que nos últimos anos tem-se procurado tratar o cancro do pulmão através do bloqueio do EGFR, mas, no entanto, isto só funciona num pequeno subgrupo de pacientes, sendo que o cancro resiste.
 
“Bloquear ambas essas proteínas poderá ser um tratamento benéfico para a maioria dos pacientes com cancro do pulmão”, argumenta o investigador.
 
A combinação dos inibidores do EGFR e TNF poderá ser eficaz no tratamento do cancro do pulmão de não-pequenas células, o qual perfaz cerca de 85% de todos os casos de cancro do pulmão.
 
Os investigadores preparam a fase II dos ensaios clínicos com a combinação dos fármacos, que poderá ter lugar no espaço de um ano, pois ambos os fármacos foram já aprovados pela organização norte-americana Food and Drug Administration.
 
“Se esta estratégia for eficaz, poderá então ser aplicável de forma alargada não só contra o cancro do pulmão, mas também, contra outros cancros que expressem o EGFR, que incluem os cancros do cérebro, cólon e cabeça e pescoço”, afirmou o oncologista David Gerber que irá liderar o próximo ensaio.

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo publicado na revista “Journal of Clinical Investigation”

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados