Cinco verdades sobre o sistema imunitárioNotícias de Saúde

Quinta, 13 de Outubro de 2016 | 107 Visualizações

Fonte de imagem: Poplar

O sistema imunitário tem como função defender o organismo de qualquer tipo de agressão Mas será que sabe tudo sobre este ‘escudo protetor’?

Ter um sistema imunitário forte é sinónimo de saúde a todos os níveis. Este ‘escudo protetor’ tem como função deixar o organismo limpo e isento de qualquer tipo de agente nocivo, conseguindo, com isso, prevenir e curar alguns tipos de doenças ou problemas de saúde.

A alimentação é uma das melhores formas de estimular positivamente o sistema imunitário, embora existam alimentos que o podem condenar ao fracasso, como é o caso do açúcar. É possível reforçar o sistema imunitário naturalmente, mas a verdade é que este depende de pessoa para pessoa e a genética tem sempre uma palavra a dizer.

Para prová-lo, o site da revista norte-americana Health listou aquelas que são as seis verdades sobre o sistema imunitário, na tentativa de alertar para a sua importância e para a necessidade de olhar por ele diariamente, sem exceção.

# As mulheres são mais propensas a sofrer de doenças auto-imunes (como a lúpus, a psoríase ou a artrite reumatoide). A ciência ainda não conseguiu encontrar uma verdadeira causa para esta associação, mas as suspeitas recaem nas hormonas sexuais, em particular no estrogénio. Em causa, explica a médica Abby Abelson pode estar o facto desta hormona impulsionar as inflamações, capazes de desregular o sistema imunitário.

# Os intestinos estão ‘ligados’ ao sistema imunitário. Uma vez que a função do sistema imunitário é livrar o corpo de tudo aquilo que pode condicionar o seu bom funcionamento interno, é inevitável fazer uma associação com os intestinos, órgão responsável por parte das expulsões de toxinas feitas. Daí a importância de uma alimentação saudável e isenta de alimentos processados, que não só fazem mal aos intestinos, como condicionam o bom funcionamento do sistema imunitário.

# Sexo, sono e stress: O ‘triplo S’ que interfere diretamente com o sistema imunitário. Uma má qualidade de sono, uma rotina cheia de stress e uma vida sexual pouco ativa podem atrapalhar o sistema imunitário. As pessoas que praticam pouco sexo tendem a ter níveis mais baixos de imunoglobulina (proteína que ajuda a combater inflamações), já aquelas que não têm uma rotina de sono adequada estão mais propensas a adoecer e a serem afetadas por vírus. O stress, como é de esperar, interfere com o bem-estar do sistema imunitário por fazer disparar o cortisol, hormona que tem um efeito negativo.

# A imunoterapia pode ser a chave para a luta contra o cancro. Estimular o sistema imunitário de uma pessoa doente a combater a doença tem-se mostrado uma técnica eficaz e promissora, uma vez que existe a possibilidade de programar o sistema imunitário, dando-lhe a capacidade de ativar ou não a resposta aos agentes agressores.

# Há uma hora do dia em que o sistema imunitário é mais fraco. Sabia que as viroses têm hora de chegada e que a vacina contra a gripe é mais eficaz quando tomada de manhã?

Partilhar esta notícia
Referência
Daniela Costa Teixeira

Notícias Relacionadas