Cinco mitos sobre o yogaNotícias de Saúde

Sábado, 24 de Outubro de 2015 | 89 Visualizações

Fonte de imagem: Low Ram

Quanto mais popular o yoga se tem tornado, mais ideias erradas parecem surgir à sua volta. Uma professora desmistifica algumas das ideias erradas associadas a esta prática.

escrever para a revista Women’s Health, Alexandria Crow, professora de yoga há sete anos tenta esclarecer o que é afinal o yoga desmistificando algumas ideias erradas que se têm disseminado sobre esta prática.

1. Yoga é aprender a fazer poses ‘cool’. O yoga não tem nada a ver com poses – pelo menos não da forma que se pensa, destaca a professora. As poses são feitas para o trazer para o momento e, idealmente, para o ajudar a encontrar um equilíbrio entre o esforço e a facilidade. Sevem para “nos ensinar que a vida está em fluxo constante e a mudança é inevitável, mas que se trabalhar para encontrar o seu caminho para esse equilíbrio, sentir-se-á mais em paz com tudo”, explica Alexandria.

2. Tem de ser flexível para fazer yoga. Esta é provavelmente o mito mais comum – e o que impede muitas pessoas de começarem a fazer yoga, admite a professora. “O yoga não tem a ver com flexibilidade. O yoga é aprender a estar no aqui e agora e a prática física que o pode ajudar a abordar a vida”, descreve a yogi.

3. O yoga é uma religião ou um culto. O yoga é uma prática espiritual mas pode encaixar-se nas suas crenças religiosas. Não requer que abandone as suas crenças ou sequer que tenha algum tipo de fé, explica a professora.

4. Tem de ser magro para praticar yoga. Esta ideia não poderia estar mais longe da verdade, sublinha Alexandria. “O yoga é sobre aceitar-se a si próprio” e é para “todos os tipos de corpo” e ambos os géneros.  

5. Se faz yoga é um hippie dos tempos modernos. Para ser praticante de yoga, ao contrário do que a cultura pop quer fazer parecer, não tem de ser vegan ou de comprar todas as roupas boémias para a prática. “O yoga é simplesmente sobre estar no agora e o esforço que é preciso para lá chegar”.

Partilhar esta notícia
Referência