Cinco formas naturais de combater a dorNotícias de Saúde

Segunda, 20 de Março de 2017 | 41 Visualizações

Fonte de imagem: Mini Health

Independentemente da zona do corpo que afeta e da sua intensidade, a dor é sempre desconfortável e pode mesmo condicionar a qualidade de vida. Quando os medicamentos não são uma alternativa, são estas as apostas mais certeiras.   

Dor. Aquela sensação mais ou menos aguda que pode afetar qualquer parte física ou emocional do corpo e que é comum (à sua maneira) a todas as pessoas. É, possivelmente, um dos aspetos mais recorrentes na vida humana e aquele que, mesmo quando ligeiro, pode comprometer a saúde e o bem-estar de quem afeta.

Os medicamentos são comummente usados no combate à dor, mas a sua eficácia nem sempre é a melhor ou os efeitos secundários deixam muito a desejar. Algumas pessoas evitam o consumo de fármacos e procuram alternativas mais naturais e menos penosas para a saúde digestiva. É aqui que entram os remédios naturais.

De acordo com a enfermeira Cheryl Myers, existem cinco remédios naturais capazes de atenuar ou até mesmo banir a sensação de dor. Um deles é a curcuma, raiz rica em curcumina com alto poder inflamatório e relaxante, sendo, por isso, ideal na hora de tratar a dor.

Ao site Mind Body Green, a especialista inclui ainda na sua lista de ‘mezinhas caseiras’ o óleo de menta, um dos mais eficazes para combater as dores de cabeça., especialmente aquelas que são causadas por tensão. Este óleo deve ser usado nas têmporas e na testa, bastando algumas gotas misturadas a um pouco de óleo de coco para que a eficácia seja notória.

Comum nos Estados Unidos, o biofeedback é também um dos recursos na hora de dizer adeus à dor. Trata-se de uma ferramenta terapêutica que recorre a aparelhos com poder sensorial que emitem informações sobre a saúde da pessoa, permitindo, assim, uma auto-regulação e um maior controlo sob o próprio corpo. Para a enfermeira, esta terapêutica é ainda eficaz no combate à ansiedade.

O uso de incensos pode ser também um aspeto a ter em conta, especialmente se for combinado com extrato de curcumina. Diz Cheryl Myers que esta é uma das soluções mais eficazes na hora de atenuar as dores de joelhos causadas por osteoporose, podendo mesmo ajudar a obter resultados mais positivos do que aqueles que são alcançados quando se recorre a fármacos químicos.

Por fim, mas não menos eficaz na luta contra a dor, está a acupuntura, uma terapêutica não convencional usada há milhares de anos. Vários estudos, lê-se na publicação, têm apontado esta terapia como uma das mais concretas no combate à dor, independentemente da zona do corpo que afeta.

Partilhar esta notícia
Referência
Daniela Costa Teixeira