Cinco conselhos de quem já teve cancroNotícias de Saúde

Sexta, 17 de Junho de 2016 | 175 Visualizações

Fonte de imagem: ibirataiainforma.

Mulher brasileira que já lutou duas vezes contra o cancro da mama partilha o que aprendeu com estes momentos difíceis da sua vida.

Chama-se Viviane Ferreira e aos 35 anos e com uma filha de 3 anos recebeu o diagnóstico de que tinha cancro da mama. Num período de cinco anos enfrentou duas vezes a doença, deu uma volta à sua vida e agora partilha o que aprendeu.

A brasileira escreveu o livro ‘Vivificar - Superando o imponderável’. A revista Claudia falou com ela e partilha os seus cinco melhores conselhos para ajudar quem luta contra o cancro:

Partilhe vitórias e aflições. "Escrever o livro foi uma das formas que encontrei para ajudar pessoas e me ajudar. Partilhar também faz parte do processo rumo à cura", partilhou Viviane com a revista.

Procure ajuda. "As pessoas, muitas vezes, negam-se a procurar tratamentos que as possam ajudar a superar, como a terapia. Isso é muito importante."

Crie um diário. "Quando o cancro veio pela segunda vez, encarei com mais tranquilidade. Eu usei métodos alternativos para me equilibrar, entre eles, colocar tudo no papel. Comecei a entrar em contacto com meus sentimentos mais profundos ao escrever e isso fez-me muito bem."

Mantenha-se ativa – na medida do possível. "Nos dois momentos da doença, eu estava a trabalhar. Estive afastada apenas por um tempo, o necessário para cumprir o tratamento de quimioterapia. Fora isso, nunca parei e foi ótimo ter uma ocupação”.

Tenha consciência da sua força. "Em qualquer momento difícil, devemos lembrar-nos de que essa situação vai acabar. Toda a crise ou tempestade tem seu fim."

Partilhar esta notícia
Referência
POR VÂNIA MARINHO

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados