Cientistas podem ter encontrado a cura para o eczemaNotícias de Saúde

Segunda, 10 de Outubro de 2016 | 166 Visualizações

Fonte de imagem: Huffingtonpost

Quatro em cada dez pacientes com eczema severo viu-se curado depois de usar uma nova droga.

Durante um teste clínico de 16 semanas em 1400 pacientes com dermatite atópica (ou eczema), a droga dupilumab – que tem de ser injetado a cada duas semanas – provou conseguir aliviar os sintomas em 14 dias.

Sendo que desapareceram completamente em cerca de 40% dos participantes.

Como reporta o New England Journal of Medicine, os efeitos secundários incluem risco aumentado de conjuntivite e inchaço no local onde a injeção é dada.

Esta droga atua bloqueando duas moléculas específicas do sistema imunitário que são produzidas em excesso nos pacientes com dermatite atópica.

Como reporta o The Spectator, o Dr. George Yancopoulos, diretor científico do Regeneron, a empresa que fabrica o medicamento, diz que espera que a organização norte-americana Food and Drug Administration tome uma decisão em relação ao licenciamento desta droga em março.

Partilhar esta notícia
Referência
Vânia Marinho

Info-Saúde Relacionados