Ciência descobre o gene que ajuda algumas pessoas a chegar aos 100 anosNotícias de Saúde

Quarta, 07 de Junho de 2017 | 70 Visualizações

Fonte de imagem: Huffington

Os cientistas descobriram que há um gene que pode ser responsável pela longa esperança de vida de cerca de 30% das pessoas centenárias.

Um grupo de investigadores descobriu que várias pessoas que chegaram ao 100º aniversário partilham características semelhantes relativas a um certo gene que ajuda a prevenir o cancro e contribui para a formação dos ossos.

Os cientistas japoneses do Instituto Metropolitano de Gerontologia de Tóquio e da Keio University sugerem que o gene chamado CLEC3B pode ser responsável pela longa esperança de vida de cerca de 30% das pessoas centenárias.

Este gene está associado à produção de uma proteína, chamada tetranectina, que está envolvida na prevenção da disseminação de tumores cancerosos, bem como na contribuição para a formação óssea.

Como reporta o Daily Mail, os investigadores chegaram a estas conclusões depois de analisar amostras de sangue de 530 pessoas com 95 ou mais anos de idade e de 4.312 pessoas com menos de 80 anos.

Partilhar esta notícia
Referência
Vânia Marinho

Notícias Relacionadas