Células estaminais reparam danos causados por ataques cardíacosNotícias de Saúde

Quarta, 18 de Março de 2020 | 18 Visualizações

Fonte de imagem: DocwireNews

Investigadores norte-americanos da Mayo Clinic descobriram mecanismos de cura de danos causados por ataques cardíacos ativados por células estaminais.
 
Os investigadores verificaram que as células cardiopoiéticas humanas, células derivadas de fontes de medula óssea em células-tronco adultas, possuem a capacidade de se concentrarem em proteínas danificadas de forma a reverterem mudanças complexas causadas por um ataque cardíaco.
 
Nesta investigação compararam os corações doentes de ratos que não receberam tratamento com células-tronco cardiopoiéticas humanas com aqueles que receberam. Usando uma abordagem de dados científicos para mapear todas as proteínas do músculo do cardíaco, foram descobertas 4.000 proteínas cardíacas, sendo que mais de 10% destas sofreram danos.
 
O tratamento através de células estaminais cardiopoiéticas reverteram, total ou parcialmente, dois terços das mudanças causadas pela doença, sendo que 85% de todas as categorias de células funcionais afetadas pela doença responderam favoravelmente ao tratamento.
 
A investigação verificou que após o tratamento com células estaminais cardiopoiéticas o coração doente revelou desenvolvimento e crescimento de novos vasos sanguíneos, juntamente com novo tecido cardíaco.
 
D. Kent Arrell, co-líder da investigação, afirmou que, apesar de terem antecipado um bom resultado no tratamento com células estaminais, os investigadores ficaram surpreendidos com a forma como os corações doentes foram alterados de maneira a ficarem tão saudáveis como eram antes da doença. 
 
Os cientistas acrescentam ainda que as descobertas deste estudo vão enriquecer o conhecimento base na área dos tratamentos com células estaminais e têm a possibilidade de orientar regimes terapêuticos no futuro.

Partilhar esta notícia
Referência
Descoberta publicada na revista “Regenerative Medicine”

Notícias Relacionadas