Caroço nem sempre é o único sintoma de cancro da mamaNotícias de Saúde

Quarta, 09 de Novembro de 2016 | 58 Visualizações

Fonte de imagem: US News

Apenas uma em cada seis mulheres com cancro da mama visita um médico quando o sintoma da doença não é um caroço.

Uma das melhores formas de diagnóstico precoce de um possível cancro da mama é a apalpação. Este é o método aconselhado pelos médicos e aquele que as mulheres mais fazem, contudo, esta forma de avaliação apenas coloca os caroços no centro das atenções… mas estão longe de serem os únicos sinais de alerta.

“É fundamental que as mulheres estejam conscientes de que o caroço não é o único sintoma de cancro da mama”, Monia Koo, mentora de um estudo da University College London que revela que apenas uma em cada seis mulheres com cancro da mama visita um médico quando o sintoma não é um caroço, o que pode comprometer seriamente a deteção atempada da doença, como se lê no site LiveScience.

Depois de analisarem mais de 2,300 mulheres diagnosticadas com cancro da mama, os investigadores liderados por Koo concluíram que os reais sintomas de cancro da mama continuam a ser desconhecidos. De todas as mulheres avaliadas 83% tiveram o caroço como primeiro sintoma da doença, 7% tinham anomalias nos mamilos, 6% tinham dores nos seios, 2% apresentavam anomalias na pele da mama e 1% tinham ulceração da mama. Menos de 1% tinham infeções mamárias ou deformidades no contorno da mama. Contudo, muitas destas mulheres não faziam ideia de que estes sintomas estavam relacionados com a doença.

E prova disso é o facto de a grande maioria das mulheres que não tinham o caroço como principal sintoma ter esperado mais de 90 dias para visitar um médico, período que reduz em cinco anos a taxa de sobrevivência.

Das mulheres que notaram um caroço, 93% não quis esperar três meses até consultar um médico. Contudo, quando o caroço não era o sintoma principal, a percentagem de mulheres que evitou a ida a um especialista durante 90 dias foi de 15%, valor que aumentou para 20% quando existiam dois sintomas de cancro da mama sem ser o caroço e que não eram associados pelas mulheres à doença.

Partilhar esta notícia
Referência
Daniela Costa Teixeira

Notícias Relacionadas