Carne vermelha não prejudica o coração, desde que não seja processadaNotícias de Saúde

Quinta, 22 de Dezembro de 2016 | 680 Visualizações

Fonte de imagem: Huffingtonpost

A carne vermelha tem sido 'acusada' de provocar cancro e de ser inimiga da saúde cardiovascular. Mas estudo defende que não é bem assim.

As instituições de saúde recomendam o corte no consumo de carnes vermelhas, pelo bem da saúde. Mas um novo estudo descobriu que as carnes vermelhas não processadas não só não são perigosas para o coração, como podem ser benéficas para a tensão arterial. 

Recomenda-se que o consumo de carnes vermelhas não ultrapasse os 70gr por dia. Mas uma nova revisão de 24 estudos clínicos realizada pela Universidade Purdue descobriu que a carne vermelha pode ser benéfica, desde que não seja processada. 

Como reporta o Daily Mail, de acordo com este estudo comer mais carne vermelha do que os 70gr diários recomendados não afeta os fatores de risco de doença cardiovascular a curto prazo, como a tensão arterial e o colesterol no sangue. 

E, mais, os investigadores descobriram que a carne vermelha não processada é uma boa fonte de nutrientes para as pessoas que sofrem de doenças cardiovasculares.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas