Cancro: Nova terapia aumenta sobrevivênciaNotícias de Saúde

Sexta, 31 de Outubro de 2014 | 95 Visualizações

Um tratamento alternativo à quimioterapia, que foi batizado de Nivolumab, demonstrou ser mais eficaz na redução dos tumores e no aumento da taxa de sobrevivência dos pacientes. Os resultados do último ensaio foram divulgados esta sexta-feira à imprensa. 

Este tratamento tem como alvo as proteínas PD-1 e PD-L1 que se encontram na superfície das células de cancro e que impedem que os linfócitos T do sistema imunitário eliminem estas células. Este novo fármaco bloqueia a comunicação destas proteínas permitindo assim que o sistema imunitário faça o seu trabalho de eliminação de células cancerígenas.

O tratamento com Nivolumab conseguiu taxas de resposta mais elevadas e duradouras do que a quimioterapia, no tratamento de doentes com uma forma agressiva de cancro de pulmão com metástases. 

O estudo avaliou a reação de 117 doentes ao tratamento de imunoterapia da farmacêutica norte-americana Bristol-Myers.

Os resultados divulgados esta sexta-feira à imprensa, indicam que o Nivolumab conseguiu uma taxa de resposta do sistema imunitário de 15 por cento e uma taxa de sobrevivência prevista de um ano em 41 por cento dos participantes  - valores raramente registados neste tipo de cancro do pulmão.

Cerca de 15 milhões de pessoas morrem, anualmente, vítimas de cancro do pulmão, que é considerado o cancro mais mortal a nível global, segundo a Organização Mundial de Saúde. 

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados