Bolhas nos pés. Devemos ou não apertar?Notícias de Saúde

Sábado, 03 de Setembro de 2016 | 51 Visualizações

Fonte de imagem: huffingtonpost

Esta é uma das questões que mais inquieta. Eis o conselho de uma podologista.

As indesejadas bolhas nos pés aparecem quando o calor aperta ou quando o calçado é novo ou de má qualidade. Não escolhem um lugar concreto no pé para se instalarem e podem durar alguns dias até desaparecer… a não ser que sejam rebentadas.

Rebentar ou não rebentar uma bolha é uma das questões que mais inquietam e que mais opiniões dividem.

Embora estes pequenos sacos de líquido sejam inofensivos, a falta de cuidados pode ser perigosa e tal pode acontecer quando a pessoa decide rebentar indevidamente a bolha, o que faz aumentar a probabilidade de contrair uma infeção ou uma mazela ainda mais dolorosa.

Em declarações à FOX News, a podologista Suzanne Levine não aconselha as pessoas a apertarem as bolhas, sugerindo antes um pequeno tratamento que consiste em mergulhar momentaneamente os pés em água com sal, enxaguando e secando depois. O objetivo é que a bolha seque por si, algo que pode demorar alguns dias ou semanas, dependendo do local onde se encontra e do tipo de calçado (e presença ou ausência de meias) usado nos dias seguintes.

Contudo, quando a bolha se encontra numa parte do pé que causa dor e desconforto (como acontece quando está na parte de baixo do calcanhar ou entre os dedos), o melhor é mesmo retirar o líquido para que seque mais facilmente e não cause dor.

Para tal, explica, deve-se começar por limpar bem a zona afetada (usando água fria e um sabão neutro), aplicar álcool e, assim que este secar, perfurar a bolha de uma ponta à outra com uma agulha esterilizada (ou uma agulha de cozinha desinfetada e aquecida em fogo).

No final, deve-se limpar novamente a zona magoada e aplicar um creme ou fármaco que permita desinfetar e hidratar a lesão. Em alguns casos, poderá ser necessário o uso de um antibiótico, indica Levine.

Mas, e se a bolha rebentar sozinha? Neste caso, o melhor é evitar ao máximo uma possível infeção, lavando a zona afetada com um sabão neutro e água abundante e repetir os cuidados médicos mencionados acima.

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados