Bebés reconhecem rostos muito mais cedo do que se pensavaNotícias de Saúde

Terça, 14 de Julho de 2015 | 355 Visualizações

Fonte de imagem: Medibracara

Até há pouco acreditava-se que a capacidade de reconhecermos rostos desenvolvia-se à medida que as crianças aprendiam a ler. Contudo, um estudo publicado na revista eLifedefende que, afinal, esta capacidade já se encontra bastante desenvolvida em bebés com quatro meses de idade.

A capacidade única que os seres humanos têm de reconhecer rostos é um processo que envolve o hemisfério direito do cérebro e tudo indica que ocorre bem mais cedo do que se pensava. 

Para o estudo, os investigadores da Universidade de Louvain monitorizaram a atividade cerebral de 15 bebés enquanto estes visualizavam uma sucessão de imagens rápidas ao longo de 20 segundos. Foram visualizadas 48 imagens de rostos que diferiam na perspetiva, cor, iluminação e fundo. Estas imagens foram intercaladas com 200 outras de animais, plantas, bem como com objetos feitos pelo homem. 

Cada imagem foi apenas mostrada ao longo de 16 milissegundos, uma taxa utilizada nos estudos realizados em adultos. Quando comparadas com outras imagens, a visualização de imagens de rostos coincidia com o aparecimento de um pico específico na estimulação do hemisfério direito do cérebro. A diferença de atividade entre os dois hemisférios nos bebés revelou-se ainda mais pronunciada do que a que foi detetada no mesmo estudo em adultos.

De acordo com Bruno Rossion, um dos autores do estudo, os humanos são mais eficazes a categorizar as imagens visuais do que os algoritmos dos computadores. “Tendo em conta os enormes recursos dedicados ao reconhecimento digital dos rostos, o que o cérebro dos bebés é capaz de fazer não é de todo trivial. O sucesso deste método de investigação em bebés é a prova de que este pode ser utilizado em todas as faixas etárias para melhorar a nossa compreensão de como desenvolvemos a capacidade de reconhecer imagens complexas”, explicou o investigador em comunicado

Partilhar esta notícia
Referência

Notícias Relacionadas