Beber mais água reduz infeções urinárias em mulheresNotícias de Saúde

Terça, 09 de Outubro de 2018 | 4 Visualizações

Fonte de imagem: Dettol

Beber 1,5 litros de água suplementares por dia pode reduzir significativamente o número de infeções do trato urinário recorrentes em mulheres na pré-menopausa, indicou um estudo. 
 
Conduzido por Yair Lotan e equipa de investigadores, da Faculdade de Medicina Southwestern da Universidade do Texas, EUA, o estudo que teve a duração de um ano apurou uma redução de 48% em infeções urinárias recorrentes nas mulheres que bebiam 1,5 litros de água a mais do que a quantidade normal, aqui definida como sendo 1,5 litros ou 6 copos de água.
 
Mais de um quarto das mulheres sofrem uma segunda infeção no espaço de seis meses após a inicial e entre 44 e 77% têm uma recorrência no espaço de um ano, explicou Yair Lotan. 
 
O tratamento usado para as infeções do trato urinário é normalmente o antibiótico. Contudo, os médicos suspeitam que o consumo de maior quantidade de líquidos ajuda a reduzir as bactérias e ajuda a impedir que as mesmas adiram às paredes da bexiga. Sendo assim, o aumento de líquidos poderá reduzir o uso de antibióticos e ajudar a controlar a resistência a este tipo de medicação.
 
Para a sua investigação, os cientistas acompanharam, durante um ano, 140 mulheres saudáveis na pré-menopausa que tinham um historial de cistites (um tipo de infeção urinária) recorrentes. 
 
As mulheres foram divididas em dois grupos. A um grupo foi pedido que bebessem 1,5 litros de água adicionais por dia, além do consumo normal diário de líquidos. Ao outro grupo, o de controlo, foi pedido que continuassem a consumir a quantidade normal diária de líquidos. 
 
Como resultado, nas mulheres do grupo da água deram-se dois ou menos episódios de cistite em 93% das participantes, enquanto 88% das mulheres do grupo de controlo tiveram três ou mais episódios. 
 
O número de episódios de cistite foi cerca de metade no grupo da água (111) em relação ao grupo de controlo (216). A mediana anual de regimes antimicrobianos usados para tratar episódios de cistite foi estimada em 1,9 no grupo da água e em 3,6 no grupo de controlo.
 
A mediana de intervalo de tempo entre os eventos de cistite foi de 142,9 dias no grupo da água, contra 85,2 dias no grupo de controlo. 

Partilhar esta notícia
Referência
Estudo publicado na “JAMA Internal Medicine”

Notícias Relacionadas

Info-Saúde Relacionados